Apresentação

Há um reconhecimento surpreendentemente unânime do papel e da influência de Manuel Antunes enquanto professor, padre, orador, diretor espiritual, entre aqueles que beneficiaram do seu convívio, da sua amizade, do seu apoio, da sua orientação, do seu magistério. Antunes marcou indelevelmente várias gerações de alunos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa na segunda metade do século XX. Podemos mesmo observar que se construiu aquilo que podemos chamar uma escola de admiração em torno da figura de Manuel Antunes por parte dos alunos e de muitos que, de diferentes modos, conheceram e conviveram com este Professor de Letras e Padre Jesuíta. Dois grandes palcos deram visibilidade ao seu extraordinário talento intelectual e grandeza humana: a Casa de Escritores dos Jesuítas, como redator e diretor da Brotéria, e as salas de aula da Faculdade de Letras, nomeadamente o Anfiteatro I, onde regeu, entre outras, a célebre cadeira de História da Cultura Clássica.

A sua cultura vastíssima, a sua forma peculiar de ensinar e cativar os alunos pelo poder avassalador do seu saber, o seu exemplo pessoal, o seu modo de acolher, de conversar, de disponibilizar-se, de ouvir, a sua palavra fina e assertiva, a sua forma de pensar e de sintetizar um pensamento acutilante, prospetivo e lúcido sobre o passado, o presente e o futuro, a sua direção e intervenção cultural à frente da revista Brotéria, o seu empenho pela renovação da Igreja e da Companhia de Jesus, a sua resistência discreta mas proativa contra o regime ditatorial, agindo com “paciência revolucionária”, a sua capacidade de abertura e diálogo ecuménico em relação ao outro, ao que pensava de maneira diferente, fizeram de Manuel Antunes um mestre da palavra sábia e da vida digna.

No quadro das comemorações deste Centenário, exortamos e pedimos muito gentilmente, aos que assim entenderem, que nos façam chegar testemunhos escritos com memórias, e pequenas histórias, fotografias e outros documentos sobre a vida, ação e obra do Padre Manuel Antunes. O objetivo deste pedido é construirmos um repertório digital com tudo o que de pertinente estiver relacionado com Manuel Antunes, fornecido pelos que tiveram alguma relação com esta figura maior da cultura portuguesa.